Evoluídos ou adaptados?

por Ivan de Carvalho Santos Lima*

O homem não evoluiu a partir do macaco. E Charles Darwin também nunca disse isto. Se houvesse um processo “evolutivo” que transformasse chimpanzés em homens, seria lógico encontrar-se ainda hoje macacos se transformando em homens, ou “chimpanzomens” de várias categorias.

Ocorre que homens e macacos atuais descendem de um ancestral comum, que provavelmente era parecido com um…macaco. Mas tão diferente dos  macacos atuais quanto esses próprios são entre si.

Conseguimos facilmente diferenciar um gorila de um chimpanzé, ou um orangotango de um sagui. Apenas nos achamos mais diferentes que os outros primatas. Provavelmente eles também pensam assim.

Apesar das diferenças entre as seqüências do código genético humano e do chimpanzé não ultrapassarem um centésimo do total, nos mostra que a “estrutura fundamental” é praticamente a mesma , porém adaptados a ambientes diferentes.

Fica muito difícil definir, entre as espécies da natureza, aquelas mais “evoluídas” de outras  “menos evoluídas”, quando se percebe que EVOLUÍDO, como conceito , é bastante subjetivo e EVOLUÇÃO, como processo, não é retilíneo, mas ramificado, como uma árvore.

Porque se diz comumente que os animais são mais evoluídos que os vegetais?

Porque aqueles se aproximam mais do “ideal” , o ser humano. (Quanta modéstia…) Não somos mais ou menos evoluídos que os vegetais, apenas adaptados a ambientes diferentes , ou realizando as mesmas funções por mecanismos diferentes.

Se o conceito de evolução for regido por complexidade ou eficiência , os vegetais podem então ser considerados mais evoluídos que os animais pelo menos no aspecto da nutrição.

Além de a realizarem com uma eficiência inigualável, os vegetais são capazes de fabricar o próprio alimento, porque apresentam um aparato de substâncias químicas muito mais complexo que aquele utilizado por nós.

Torna-se preferível utilizar o termo “mais bem adaptado” a “mais evoluído” quando se quer Ter noção comparativa. Assim, automaticamente somos forçados a raciocinar; mais evoluído sob que aspecto? Mais bem adaptado em relação a que?

Os primatas são um fracasso como grupo quando comparados aos insetos. Estes últimos respondem por dois terços de todas as espécies de animais do planeta.

Conclusão: os insetos estão bem mais adaptados que os seres humanos. Menor tamanho significa maior quantidade de alimento disponível. Apêndices articulados e , na maioria das vezes, asas, significam agilidade. Produzem, com freqüência , centenas ou milhares de ovos, o que significa maior produção e maior capacidade de disseminação.

A evolução é acima de tudo um fenômeno mágico, fascinante e misterioso, pois desafia as leis que induzem à simplicidade para aquisição de estabilidade. Quanto mais simples, mais estável.

A nossa esperança é que todos acordemos para o fato de que a evolução não ocorre apenas no plano material. É necessário, atentar para a necessidade de evolução intelectual e moral, que se processam independentemente.

Haja visto que no plano político aquele indivíduo típico que se adapta perfeitamente a diversas situações, sofre mutações com facilidade para continuar sobrevivendo no meio, mas moralmente é troglodita.

Haja visto no plano humanitário aquele indivíduo que mal sabe traçar linhas, mas traça pensamentos de alto valor instrutivo para a alma.

Que sensação invadirá o coração de um hipotético último representante da espécie humana quando encontrar em um canto de mata intocada uma pequena população de “chimpanzomens” morando em cavernas , mas trazendo no olhar tudo aquilo que buscamos nesses anos todos … a felicidade…?


* Biólogo e editor da Folha Biológica. Publicado na REA, nº. 21, fevereiro de 2003, disponível em http://www.espacoacademico.com.br/021/21ccarvalho.htm

Anúncios

10 comentários sobre “Evoluídos ou adaptados?

  1. Gostei muito da sua explicação, muito fácil de entender e bastante coerente, esclareceu bastante minha dúvida.
    Obrigado

  2. Ao meu ver, evoluir é ser autosuficiente. Sendo assim, concordo em dizer que as plantas são mais evoluídas que nós.

    Quando o ser humano entender o que é ser autosustentável, ele será evoluído por completo. O planeta manteria o equilíbrio e os humanos reinariam sobre ele sem destruí-lo.

    Isso sim é ser evoluído.

  3. Gostei muito do artigo. O autor conseguiu ser claro e sintético, numa linguagem fácil e fluida.
    De tanto chamar a idéia de Darwin de “evolução” criou um vício – assim como o uso do cachimbo põe a boca torta. É muito fácil apelar para o argumento de que “teoria é só teoria”, esquecendo que a evolução biológica é fato e só se pode negá-la forçando muito a barra. O que a ciência tem feito é ajustar a sintonia fina, remover escolhos, clarear pontos ainda obscuros. Mas não dá para mais para lutar contra tanta evidência.
    Por outro lado, querer reduzir Deus ao nosso entendimento tão mesquinho, é, francamente, muita presunção. Não seria muito mais interessante ver como uma obra tão perfeita se ajusta tão harmonicamente, sem a necessidade de uma intervenção contínua, o que seria inevitável se a obra fosse imperfeita?
    Ao invés de bater contra o muro dos fatos, seríamos muito mais inteligentes se, com humildade, entendêssemos que todo o nosso conhecimento não passa de gota d’água no oceano da nossa ignorância (alguém já disse isso!).
    Nem a ciência pode provar que Deus não existe, nem, do outro lado, os teístas podem querer ajustar os fatos que a ciência comprova aos seus limitados juizos.
    Entendo a “lei” da evolução como um dos exemplos mais bonitos da perfeição divina, mesmo que isso possa parecer contraditório a teístas e ateístas.

  4. É simples a razão de atribuirmos a um Deus a criação do homem, apesar das evidências científicas: é a facilidade da explicação, curta e breve: foi Deus e pronto! É preguiça? Não sei, mas sugere.

  5. Creio que este ator, deveria buscar soluções para acabar com as corrupçoes e atos enganosos e não tentar com essas ideias bobas de dizer que somos descendentes de macacos. te aconselho aprofunda da leitura da biblia e só assim vc entende que somos semelhança de Deus homens e mulheres e nao de macaco. Teoria confusa.

  6. De fato não descendemos dos macacos, é uma verdade. A outra verdade é que macacos e humanos descendem de um ancestral comum. Outra verdade é que a evolução não é em linha reta e sim ramificada. Dizem os cientistas que houve até cruzamentos de indivíduos de partes diferentes de um mesmo ramo. O ser humano acha que é muita coisa e não passa de um simples animal, com o mesmo destino deles, o que difere é que nós temos consciência (nem todos tem, rsrsrsrs), passamos pelo processo de “culturação”.

  7. Artigo fraco, confuso, contraditório… O autor mistura conceitos diversos apenas para afirmar que a Evolução não existe, mas logo depois ele próprio se contradiz, afirmando que ela é mágica, fascinante e misteriosa. Apela para conceitos tais como moralidade, intelecto e alma criando uma salada que leva a lugar nenhum.
    Ora, é claro que se tomarmos alguns aspectos isoladamente posso dizer que meu cão é mais evoluído que eu, no entanto não é ele que determina o que devo ou não devo fazer. Nessa questão devemos ater-nos a conceitos unicamente biológicos e analisarmos o conjunto da obra, sem apelos sobrenaturais, divinos ou sociológicos, pois se assim procedermos não teremos dúvida em afirmar que nós, os humanos, somos a unidade mais evoluída dentre todos os seres vivos. Não conheço a Folha Biológica, mas…

  8. Sem dúvidas, teorias são apenas conjecturas, e só.É pena que com o passar do tempo, o ser humano evolua mais e mais na violência, e talvez nunca nos adaptaremos à PAZ.É UMA PENA…

  9. pelo amor de deus, parem com tantas pobagens. temos tantas outras coisas mais importantes para solucionar! como por exemplo: acabar com os corruptos, ter mais falor e mais fe em deus que e o mais importante de tudo….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s