Nenhum golpista já admitiu ser golpista

JANIO DE FREITAS*

Foto: Renato Costa/Folhapress
Foto: Renato Costa/Folhapress

Em inúmeras vezes, nas sessões do impeachment que presidiu, o ministro Ricardo Lewandowski disse ao plenário, com pequenas variações de forma: “Neste julgamento, os senadores e senadoras são juízes, estão julgando”. Entre os 81 juízes, mais de 70 declaravam o seu voto há semanas, e o confirmaram na prática. Um princípio clássico do direito, porém, dá como vicioso e sujeito à invalidação o julgamento de juiz que assuma posição antecipada sobre a acusação a ser julgada. O que houve no hospício –assim o Senado foi identificado por seu presidente, Renan Calheiros– não foi um julgamento.

Os que negam o golpe o fazem como todos os seus antecessores em todos os tempos: nenhum golpista admitiu ser participante ou apoiador de um golpe. Desde o seu primeiro momento e ainda pelos seus remanescentes, o golpe de 1964, por exemplo, foi chamado por seus adeptos de “Revolução Democrática de 64”. Alguns, com certo pudor, às vezes disseram ser uma revolução preventiva. É o que faz agora, esquerdista extremado naquele tempo, o deputado José Aníbal, do PSDB, sobre a derrubada de Dilma: “É a democracia se protegendo”. Dentre os possíveis exemplos pessoais, talvez nenhum iguale Carlos Lacerda, que dedicou a maior parte da vida ao golpismo, mas não deixou de reagir com fúria se chamado de golpista.

As perícias e as evidências negaram fundamento nas duas acusações utilizadas para o processo do impeachment de Dilma. As negações foram ignoradas no Senado, em escancarada distorção do processo. Para disfarçar essa violência, foi propagada a ideia de que a maioria dos senadores apoiaria o impeachment levada pelo “conjunto da obra” de Dilma: a crise econômica, as dificuldades da indústria, o aumento do desemprego, o deficit fiscal, a suspensão de obras públicas, as dificuldades financeiras dos Estados e outros itens citados no Congresso e na imprensa.

Se os deputados e senadores se preocupassem mesmo com esses temas do “conjunto da obra”, teríamos o Congresso que desejamos. E os jornais, a TV e os seus jornalistas estariam sempre mentindo com suas críticas, como normal geral e diária, sobre a realidade da política e dos políticos.

Nem as tais pedaladas e os créditos suplementares, desmoralizados por perícias e evidências, nem o “conjunto da obra”, cujos temas não figuram nos interesses da maioria absoluta dos parlamentares, deram base para acusações respeitáveis em um processo e um julgamento. Se, no entanto, envoltos por sofismas e manipulações, serviram para derrubar uma presidente, houve um processo, um julgamento e uma acusação ilegítimos –um golpe parlamentar. Os que o efetivaram ou apoiaram podem chamá-lo como quiserem, mas foi apenas isto e seu nome verdadeiro é só este: golpe.

Esse desastre institucional contém, apesar de tudo, um ponto positivo. A conduta dos militares das três Forças, durante toda a crise até aqui, foi invejavelmente perfeita. Do ponto de vista formal e como participação no esforço democratizante que civis da política e do empresariado estão interrompendo.

O pronunciamento de ex-presidente feito por Dilma corresponde à aspiração de grande parte do país. Mas a tarefa implícita no seu “até daqui a pouco” exigiria, em princípio, mais do que as condições atuais da nova oposição podem oferecer-lhe, no seu esfacelamento. À vista do que são Michel Temer e os seus principais coadjuvantes, não cabem dúvidas de que os oposicionistas podem esperar muita contribuição do governo. Mas o dispositivo de apoio à situação conquistada será, a partir da Lava Jato, de meios de comunicação e do capital proveniente de empresários, uma barreira sem cuidado com limites.

Desde ontem, o Brasil é outro.

* Colunista do jornal Folha de S. Paulo. Fonte: Folha de S. Paulo, 31 de agosto de 2016, disponível em http://www1.folha.uol.com.br/colunas/janiodefreitas/2016/09/1809033-nenhum-golpista-ja-admitiu-ser-golpista.shtml?cmpid=newsfolha

Anúncios

4 comentários sobre “Nenhum golpista já admitiu ser golpista

  1. Petista não dialoga, vocifera;
    Petista não pensa, reage;
    Petista não entende o contraditório, e desqualifica seus oponentes;
    Petista se esconde atrás do que lhe mandam dizer, pois não tem vontade própria;
    Petista não pensa no povo e suas dificuldades, mas apenas no partido;
    Petista não consegue enxergar a realidade, então elabora a sua verdade;
    Petista não vê crime cometido pelo seu partido porque as suas intenções são más;
    Petista não comenta os roubos da Petrobrás, apenas argumenta que antes se fazia o mesmo, então por que não dar continuidade ao ilícito?
    Petista não aborda os roubos contra os necessitados através do sistema “empréstimos consignados”, onde um petista ladrão roubava parte das prestações mensais para doar ao PT;
    Petista vomita que Dilma foi eleita pelo voto popular, mas desconsidera os milhões de desempregados e mais de meia centena de milhões de devedores por falta de dinheiro e juros extorsivos, ocasionados pela política insana do PT;
    Petista não entende a inflação porque lhe deram um cargo público, sem concurso, vaga obtida de forma imoral e desonesta;
    Petista não se considera brasileiro, mas bolivariano, então que o Brasil que se lixe, pois o que deve ser levado em conta é o partido, independente de ser um reles traidor do povo e do País!
    Petista adora líderes corruptos e desonestos, mesmo com a maioria de seus semideuses na cadeia porque ladrões;
    Petista é cúmplice dos crimes cometidos pelo PT porque não critica tais atos ilícitos, entendendo que o PT tem direito de roubar o erário público, fundos de pensão, estatais e através dos empréstimos descontados em Folha de Pagamento;
    Petista não tem inteligência porque não consegue compreender que foi no período das administrações do PT, Lula e Dilma, que os bancos tiveram os maiores lucros de suas histórias;
    Petista não compreende que o Bolsa Família foi planejado para se tornar um enorme curral eleitoral. Se a intenção fosse ajudar quem precisa, a Bolsa duraria até o momento que o beneficiado conseguisse emprego. Se o PT pensasse no povo, na sua honra e dignidade, teria paralelamente à entrega do auxílio mensal, aberto frentes de trabalho e colocaria na escola os pais analfabetos que recebem o benefício.

    Petista age como o comentarista acima, cujo nome é impronunciável, o tal de Sumé Acmgleao(?), pois sem me conhecer pessoalmente me ofende e calunia – certamente um covarde porque se esconde atrás do biombo do anonimato -, e tendo a desfaçatez, o caradurismo, a ousadia, para dizer o mínimo, que os roubos que apontei do partido, a série de crimes intermináveis praticadas pelo PT eram “superficialidades”.

    E que resido em “tocas, debaixo da terra”. Não moro nesses locais onde boa parte da população assim está instalada por culpa do PT, mas o petista ou a petista que me agride covardemente que fique sabendo que não me importo de ser acusado desta maneira infantil, debiloide, idiota, até porque advinda de um petista, portanto, sem qualquer importância, QUE SER CONHECIDO E RECONHECIDO COMO LADRÃO!!!

    Por último, petista covarde, a minha bandeira é uma só:
    A BANDEIRA DO BRASIL!!!

  2. Como essas figuras das sombras, do lado escuro da vida são ESPECIALISTAS em insultos apoiados em SUPERFICIALIDADES. Por si, mostram-se incapazes de uma VISÃO HISTÓRICA. Só conseguem ver o “aqui e o agora”, na porrada e na histeria psicológica e cognitiva. Esse dito “Francisco Bendl”, é um DAQUELES da irmandade de Ronaldo Caiado, Jair Bolsonaro, Paulinho da Força Sindical, Silas Malafaia, Lobão, Tradição Família e Propriedade (Instituto Plínio Salgado), do “jornalismo isento e objetivo da Plim-Plim e afins”, a “atriz” Suzana Vieira (folclórica e conhecida fogueteira sem causa), demais entes do pensamento iluminista tupiniquim na atualidade. QUE MUNDO (não limito ao governo, ao Estado) ELES PROPÕEM? QUAIS BANDEIRAS ELES LEVANTAM? O QUE DIRIAM OS PENSADORES sobre essa gente? Dado o GOLPE (já que não conseguem apontar um CRIME inquestionável), e realizado o desfile fúnebre que tanto desejaram, agora RETORNARÃO EM SILÊNCIO E ANONIMATO PARA DEBAIXO DA TERRA, ONDE POSSUEM SUAS TOCAS. Ali, permanecerão no aguardo de oportunidades.

  3. Meu comentario é apenas para acrescentar a esse sucinto e preciso artigo de Janio de Freitas, minha tristeza por esse desfecho lamentavel de uma presidência eleita pelo voto popular.
    Lamentavel foi talvez primeiro o desejo de contrôle de sua sucessao pelo mentor politico que nao ousou confiar em seus partidarios e impôs sua candidata fiel e destinada a lhe devolver o poder ao cabo de um mandato irremediavelmente fragilizado por esse aspecto de interinidade.
    Lamentavel o papel da midia nacional, vulgarmente conservadora e pronta a escutar cantos de sereia estranhos aos interesses do pais.
    E, mais lamentavel ainda, o comportamento grotesco de nossos parlamentares nessas sessoes que a historia vai guardar para vergonha deles e de seus netos.
    Mas, como reclamar? Nos os elegemos, dando condiçoes para criar as alianças que os impuseram em cargos chaves de ministério e vice-presidência…
    E’ pena, é triste, é um retrocesso. Nao da para acrescentar mais nada por enquanto.
    Sera que um dia a gente vai aprender a se informar seriamente antes de votar, a dialogar com calma com adversarios, a aprender com a historia de nossos erros e acertos passados?
    Espero que sim. Enquanto isso, meus pesames a todos nos.

  4. Tem plena razão o articulista com referência ao título do seu artigo!

    O PT jamais aceitou que lhe chamassem de GOLPISTA pelos roubos contra a Petrobrás;

    O PT nunca admitiu que as doações que recebia era roubo de GOLPISTAS;

    O PT sempre divulgou que não obedecer a Constituição era ser GOLPISTA;

    O PT negou que os roubos de Paulo Bernardo, ex-ministro do PT foi um GOLPISTA contra os necessitados que tomavam empréstimos consignados;

    O PT, que faliu vários fundos de pensão, rejeita ser chamado de GOLPISTA;

    O PT, que teve dois ex-presidentes da República desonestos e corruptos, não quer que sejam taxados de GOLPISTAS;

    O PT, que doou dinheiro do povo para países e governantes alinhados com a sua ideologia retrógrada e arcaica, cala-se quando tal comportamento é digno de GOLPISTA;

    O PT, que se humilhou perante ao cocaleiro Morales, que encampou duas refinarias da Petrobrás doadas por Lula, discorda que este gesto do ex-presidente é típico de GOLPISTA;

    O PT, um bando de criminosos travestidos em partido político, se aceita ou não ser reconhecido como GOLPISTA, pouco me importa, pois traidores desta Nação e do povo brasileiro, aceite ou não este GOLPE que cometeu!

    O PT, que prometera um pais desenvolvido, e hoje estamos em uma recessão econômica sem precedentes, dissimula que agiu como GOLPISTA;

    O PT, cuja política econômica jogou ao desemprego mais de doze milhões de brasileiros, terá de conviver para o resto da sua existência que foi um GOLPISTA contra essas cidadãos, que estão à procura de qualquer vaga para poderem se sustentar;

    O PT, que permitiu que os juros cobrados fossem extorsivos, e que gerou mais de sessenta milhões de inadimplentes que não podem pagar as suas contas, terá de engolir que foi um GOLPISTA contra o povo;

    O PT, que nos empurrou goela abaixo uma presidente incompetente, corrupta, desonesta, fruto do seu criador, Lula, foi legitimamente um GOLPISTA contra a população brasileira!

    O articulista, seguidor do PT, com este artigo tendencioso e mentiroso, pode ser chamado também de GOLPISTA porque tenta alterar a verdade conforme as suas conveniências e interesses políticos, em detrimento de escrever sobre a realidade brasileira durante as administrações do PT, verdadeiros GOLPES contra a cidadania!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s