Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel: desafios e resistências no campo da pesquisa

ROZENILDA LUZ OLIVEIRA DE MATOS* RESENHA:MCGRAYNE. S. B. Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel em Ciências: suas vidas, lutas e notáveis descobertas. Tradução de Maiza F.Rocha e Renata Carvalho. Marco Zero. SP: 1994. No decorrer de quase um século, três por cento de mulheres receberam Prêmios Nobel, no entanto elas sempre estiveram presentes nos mais … Continue lendo Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel: desafios e resistências no campo da pesquisa

Humanas x Exatas: uma falsa dicotomia

JOSIMAR PRIORI*  **   Os profissionais da área de ciências humanas não cansam de ouvir piadas – de mau gosto – como estas: “não sei fazer esta conta, eu sou de humanas” e “ser de humanas é confiar que sempre o troco está correto”. De fato, recaem sobre “o pessoal de humanas” chacotas que os … Continue lendo Humanas x Exatas: uma falsa dicotomia

Pós-verdade: como compreender um tempo em que se nega a Filosofia e as Ciências Humanas

ROMUALDO PESSOA* “Migalhas dormidas do teu pãoRaspas e restosMe interessamPequenas porções de ilusãoMentiras sinceras me interessamMe interessam, me interessam"(Cazuza) O que venho abordar aqui hoje não tem sido novidade em minhas reflexões e indagações por essa década deste século, em que o imponderável tem se imposto mais do que em outros tempos. Digo isso até … Continue lendo Pós-verdade: como compreender um tempo em que se nega a Filosofia e as Ciências Humanas

Mulheres

MARCELO GRUMAN* Um recente estudo do Observatório Ibero-Americano de Ciência, Tecnologia e Sociedade, intitulado “As desigualdades de gênero na produção científica ibero-americana”[1], descobriu que o Brasil é o país da região com a maior porcentagem de artigos científicos assinados por mulheres, nada mais, nada menos do que 72% dos 53,3 mil publicados entre 2014 e … Continue lendo Mulheres

“Exerção”

LUIZ ROBERTO EVANGELISTA* “...E o desejo muito simples de pedir à mãe que cosa, mais do que nossa camisa, nossa alma frouxa, rasgada...” (Carlos Drummond de Andrade, “A Mesa”) Depois de concluir o curso primário no Anita Garibaldi, fui admitido como aluno no João XXIII, separado do primeiro por uma improvisada parede de madeira compensada, … Continue lendo “Exerção”