Isaac Babel e “A Cavalaria Vermelha”

CARLOS RUSSO JR.* Isaac Babel nasceu em Odessa, cidade onde alguma liberdade e segurança os judeus poderiam desfrutar, filho de uma família que fugira a pogroms antissemitas em terras dominadas por cossacos. Justamente ele, que na juventude, lutaria clandestinamente ao lado dos cossacos vermelhos! Na adolescência, Babel entrou na Escola do Comércio. Além das matérias … Continue lendo Isaac Babel e “A Cavalaria Vermelha”

Anúncios

Marx e a revolução

MICHEL GOULART DA SILVA* Não são raras as interpretações que apontam para uma natureza teleológica do marxismo, afirmando que, para essa corrente de pensamento, a revolução socialista seria um processo a ocorrer de forma brusca. O Manifesto Comunista seria um dos principais exemplos que expressam essa teleologia marxista, na medida em que a maior parte … Continue lendo Marx e a revolução

Ernesto Che Guevara. Um homem do futuro

ANISIO PIRES* Soube dizer o músico venezuelano Ali Primera, na música que lhe dedicou: “Comandante Che te mataram, Mas em nós deixaram Para sempre tua memória Gravada em moldes de glória”. Por isso, nos dias 8 e 9 de outubro, todos os homens e mulheres que acreditam que Outro Mundo é Possível, vamos lembrá-lo e … Continue lendo Ernesto Che Guevara. Um homem do futuro

Fidel Castro, a revolução cubana e a América Latina

LUIZ ALBERTO MONIZ BANDEIRA* Quando o ditador Fulgencio Batista, sem mais condições de manter-se no poder, renunciou durante o réveillon de 1959 e, secretamente, fugiu de Cuba para a República Dominicana, não foi só o seu governo que caiu. Todo o Estado cubano se havia desintegrado e 1959 tornou-se um ano realmente novo. Dias depois, … Continue lendo Fidel Castro, a revolução cubana e a América Latina

Sobre a persistência do reformismo – Revisitando a elaboração de Adam Przeworski

SÉRGIO DOMINGUES* Tão inegável como a crise por que passa o capitalismo, são os graves problemas que atingem setores importantes da esquerda mundial. É o caso do Podemos espanhol, do Syriza grego e do PT brasileiro. Ainda que em ritmos, momentos e com problemas bem diferentes, todas essas forças políticas passam por crises agudas. Uma … Continue lendo Sobre a persistência do reformismo – Revisitando a elaboração de Adam Przeworski

Vale a pena um compromisso militante?

VALERIO ARCARY*   Recebo, de vez em quando, mensagens de jovens que não conheço, pessoalmente, e pelo Facebook me perguntam se ainda é possível a luta pelo socialismo. Percebo que têm aversão à injustiça e simpatia pela causa dos trabalhadores. Mas se interrogam sobre o sentido da dedicação à militância neste século XXI. Vale a … Continue lendo Vale a pena um compromisso militante?

Jacob Gorender e o caráter da Ditadura Militar de 1964-85

MÁRIO MAESTRI*   Combate nas trevas: a esquerda brasileira: das ilusões perdidas à luta armada, de Jacob Gorender, foi lançado em 1987 pela Editora Ática, dois anos após a entrega da presidência pelo último ditador. Compreende-se seu rápido e enorme sucesso. Por primeira vez, realizava-se interpretação estrutural sintética do golpe militar de 1964 e, o … Continue lendo Jacob Gorender e o caráter da Ditadura Militar de 1964-85