Paixão Cortes e a Invenção da Tradição

MÁRIO MAESTRI*   Morreu em 28 de agosto, aos 91, o folclorista Paixão Cortes, certamente a figura mais forte e representativa do Movimento Tradicionalista Gaúcho, do qual foi destacado fundador, no distante ano de 1947. Era homem singularmente simpático e afável, que deixou lastro indelével na cultura rio-grandense. Nas décadas seguintes ao fim da II … Continue lendo Paixão Cortes e a Invenção da Tradição

Clóvis Oliveira: vida e morte de um comunista revolucionário exemplar

MÁRIO MAESTRI* Minha mais forte e antiga recordação do Clóvis Oliveira é um encontro, rápido, como era praxe na época, na Borges de Medeiros com a Salgado Filho, em fins de 1970. Uma ação aventureira de grupo armado contra diplomata estadunidense ensejara repressão geral contra a esquerda organizada rio-grandense. As organizações que procuraram contribuir para … Continue lendo Clóvis Oliveira: vida e morte de um comunista revolucionário exemplar

Antonio Candido e o direito à literatura

WALNICE GALVÃO* A celebração do centenário de Antonio Candido, grande intelectual falecido no ano passado, é motivo para muitos eventos. Entre congressos, seminários, simpósios, livros e números especiais de revistas, destaca-se uma exposição no Itaú Cultural, à Av. Paulista, intitulada: “Ocupação Antonio Candido – O direito à literatura”. Toma emprestado ao crítico o título de … Continue lendo Antonio Candido e o direito à literatura

Karl Kautsky e as origens do Cristianismo

LUIZ ALBERTO MONIZ BANDEIRA*** Karl Kautsky (1854-1938), nascido em Praga e educado em Viena, foi o legatário de Karl Marx (1818-1883) e de Friedrich Engels (1820-1895), com os quais estabeleceu relações de amizade, quando de sua viagem a Londres em 1881. Coube a ele depois compilar e editar os manuscritos de Marx sobre Theorien über … Continue lendo Karl Kautsky e as origens do Cristianismo

Ernesto Che Guevara. Um homem do futuro

ANISIO PIRES* Soube dizer o músico venezuelano Ali Primera, na música que lhe dedicou: “Comandante Che te mataram, Mas em nós deixaram Para sempre tua memória Gravada em moldes de glória”. Por isso, nos dias 8 e 9 de outubro, todos os homens e mulheres que acreditam que Outro Mundo é Possível, vamos lembrá-lo e … Continue lendo Ernesto Che Guevara. Um homem do futuro

Cinco anos sem Millôr Fernandes

FABIO ANGEOLETTO*   Millôr Fernandes (1923–2012)No último mês de março o Brasil perdeu Millôr Fernandes, desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Um gênio autodidata, Millôr foi um dos poucos reais intelectuais brasileiros.  Nos seus mais de 70 anos de jornalismo, sempre foi um “livre-atirador” como ele mesmo se definia. Cioso da liberdade … Continue lendo Cinco anos sem Millôr Fernandes

Franz Kafka – O romancista do “absurdo”

MAURÍCIO TRAGTENBERG Explicação preliminar O presente “Ensaio” tem como finalidade básica analisar o tema do “absurdo” no seu “desenvolvimento histórico”, estruturado por Dostoievski em seus romances, desenvolvido por Franz Kafka no sentido transcendental e por Albert Camus no sentido imanente. Pretende ele analisar também o tema da incomunicabilidade ligado ao “absurdo”, partindo de textos considerados … Continue lendo Franz Kafka – O romancista do “absurdo”