Ritmos utópicos: Ralph Ellison e a estética do jazz

MEGAN RUST MUSTAIN* Tradução: EVA PAULINO BUENO Albert [Ayler] era louco. Ele tocava como se houvesse alguma energia primordial que o mundo usava secretamente como energia. Yeh, a Música. Sentindo-a, a ela que nos tocava, e nós que a tocávamos, [e isto] nos dava aquela força, aquele tipo de irreversibilidade que nós sentíamos.[1] Este estudo … Continue lendo Ritmos utópicos: Ralph Ellison e a estética do jazz