Os (des)caminhos da pesquisa em educação: o feito e o fazer

IVONALDO LEITE* A história é conhecida, mas repiso-a aqui: na obra Bem-vindos ao Deserto do Real, Slavoj Žižek realça um caso bastante singular que permite inferir como, nos debates contemporâneos, os discursos vazios produzem falácias que mistificam a percepção da realidade, impedindo a reflexão analítica a seu respeito. Ao mesmo tempo que operam mediante códigos … Continue lendo Os (des)caminhos da pesquisa em educação: o feito e o fazer

O “olhar branco”

MARCELO TRAGTENBERG* Nos melhores postos da sociedade estão os brancos. Os negros estão nos piores e são, muitas vezes, ligados a crimes "Claro que todas as pessoas brancas são racistas" é o título instigante de um artigo do jornal inglês "The Guardian" de 3/7/02, em que o autor mostra como se constrói desde cedo um … Continue lendo O “olhar branco”

Pós-verdade: como compreender um tempo em que se nega a Filosofia e as Ciências Humanas

ROMUALDO PESSOA* “Migalhas dormidas do teu pãoRaspas e restosMe interessamPequenas porções de ilusãoMentiras sinceras me interessamMe interessam, me interessam"(Cazuza) O que venho abordar aqui hoje não tem sido novidade em minhas reflexões e indagações por essa década deste século, em que o imponderável tem se imposto mais do que em outros tempos. Digo isso até … Continue lendo Pós-verdade: como compreender um tempo em que se nega a Filosofia e as Ciências Humanas

O intelectual raivoso

Mário Maestri* Ele é agressivo, prepotente, escandaloso. Sem qualquer pudor, anuncia absurdos inomináveis, sempre conservadores, é claro. Faz apologia da desigualdade, da desumanidade, da riqueza escandalosa, do ódio aos pobres e da opressão dos fracos. Defende os crimes ambientais, a inferioridade da mulher, a superioridade do capitalismo, a violência imperialista. Ataca a educação sexual, o … Continue lendo O intelectual raivoso

Mulheres

MARCELO GRUMAN* Um recente estudo do Observatório Ibero-Americano de Ciência, Tecnologia e Sociedade, intitulado “As desigualdades de gênero na produção científica ibero-americana”[1], descobriu que o Brasil é o país da região com a maior porcentagem de artigos científicos assinados por mulheres, nada mais, nada menos do que 72% dos 53,3 mil publicados entre 2014 e … Continue lendo Mulheres