Marx e a revolução

MICHEL GOULART DA SILVA* Não são raras as interpretações que apontam para uma natureza teleológica do marxismo, afirmando que, para essa corrente de pensamento, a revolução socialista seria um processo a ocorrer de forma brusca. O Manifesto Comunista seria um dos principais exemplos que expressam essa teleologia marxista, na medida em que a maior parte … Continue lendo Marx e a revolução

Anúncios

Ofensiva imperialista mundial e golpe institucional no Brasil

MÁRIO MAESTRI*   O restabelecimento da ordem capitalista na URSS e nos Estados do Leste Europeu constitui drama de proporções históricas. A produção capitalista recuperou espaços sócio-geográficos conquistados pela revolução desde 1917. Com a vitória do grande capital, pôs-se fim ao dito “bipolarismo”. A hegemonia imperialista estadunidense abateu-se então sobre o mundo. Com a imposição … Continue lendo Ofensiva imperialista mundial e golpe institucional no Brasil

200 anos de Marx

VÂNIA NOELI FERREIRA DE ASSUNÇÃO* É difícil superestimar a importância de Karl Marx, cujo bicentenário se comemora neste 5 de maio, para as mais diversas áreas das ciências humanas. Trata-se de um autor revolucionário e genial, que transcendeu a tradicional divisão das ciências parcelares: enveredou, com substanciais contribuições, por diversas disciplinas, da economia à estética, … Continue lendo 200 anos de Marx

Sobre o feminino e construção de gênero

EMILLY GABRIELA MENEZES FRANCO* Durante muito tempo, pensei no assunto e em como eu escreveria. Afinal, este é um tema extremamente complicado. Entretanto, não pisarei em ovos aqui, pois sei muito bem a quem incomoda e para quem estou escrevendo  —  que são justamente categorias de pessoa opostas. Como surge uma mulher? Para alguns, no … Continue lendo Sobre o feminino e construção de gênero

Hospital público – uma experiência pessoal

REGINA M. A. MACHADO* Meu filho tinha que extrair os quatro dentes do siso, e, com todas as dificuldades causadas pelo autismo, tem medo de tudo que possa ameaçar sua integridade física, mesmo no plano imaginario. A dentista nos tinha orientado para uma clinica particular, grande, bem organizada, seca, globalizada como numa série de TV. … Continue lendo Hospital público – uma experiência pessoal

2018: o fim da Independência do Brasil

MÁRIO MAESTRI*   Prossegue a ofensiva golpista, vitoriosa em 2016, com a deposição de Dilma Rousseff. Seu segmento dominante, em representação do capital globalizado, sob a direção estadunidense, persegue a construção de uma nova institucionalidade autoritária, tendo como correias de transmissão a alta oficialidade das forças armadas, o Parlamento, a Justiça, a grande mídia. O … Continue lendo 2018: o fim da Independência do Brasil

“Exerção”

LUIZ ROBERTO EVANGELISTA* “...E o desejo muito simples de pedir à mãe que cosa, mais do que nossa camisa, nossa alma frouxa, rasgada...” (Carlos Drummond de Andrade, “A Mesa”) Depois de concluir o curso primário no Anita Garibaldi, fui admitido como aluno no João XXIII, separado do primeiro por uma improvisada parede de madeira compensada, … Continue lendo “Exerção”