Eisenstein e o Cinema Soviético (IV)

ALEXANDER MARTINS VIANNA*   “Como uma arte genuinamente maior, o cinema é único porque, no sentido pleno do termo, é um filho do socialismo... Num único ato cinematográfico, o filme funde o povo a um indivíduo, uma cidade a um país. Funde-os mediante mudança desconcertante e transferência..., mediante...o escorrer de uma lágrima...” (Sergei Eisenstein, 1939) … Continue lendo Eisenstein e o Cinema Soviético (IV)

Eisenstein e o Cinema Soviético (III)

ALEXANDER MARTINS VIANNA* “Como uma arte genuinamente maior, o cinema é único porque, no sentido pleno do termo, é um filho do socialismo... Num único ato cinematográfico, o filme funde o povo a um indivíduo, uma cidade a um país. Funde-os mediante mudança desconcertante e transferência..., mediante...o escorrer de uma lágrima...” (Sergei Eisenstein, 1939) * … Continue lendo Eisenstein e o Cinema Soviético (III)